Quando começamos ver a magnitude das mudanças que estão acontecendo no mundo dos negócios, é importante entender a velocidade em que acontecem.
Atualmente, inovações comerciais estão movendo-se muito mais rapido do que em qualquer outro período da historia.
Analisando o caso do aplicativo Instragram que foi comprado pelo Facebook for um bilhão de dólares.
Antes do Facebook compra-lo, provavelmente muitas pessoas nunca ouviram falar desse aplicativo usado para capturar e compartilhar momentos; usamos este caso para compreender a significância das inovações:
Existem empresas  que passaram 100 anos para atingir um bilhão de dólares em faturamento, contando com mais de mil empregados, múltiplas fabricas, e operações em vários países, somente  para um dia poder atingir estas cifras.  O Instagram atingiu o valor de mercado de um bilhão de dólares (pelo menos no papel) em apenas dois anos, contanto com apensas uma dúzia de empregados.  Passado 10 dias da aquisição, o Instagram adicionou um adicional de 10 milhões de usuários!
Isso nos dá uma ideia de como as coisas estão se movendo hoje!
Estes exemplos de sucesso muito mais frequentes nos dias de hoje são grandes desestruturadores de estratégias!  Muitos projetos a longo prazo são orgulho de muitas empresas.
Ideias como: “Por que não deixar os outros fazerem primeiro? Deixando eles correrem os riscos.  Ao custo de não dar o primeiro passo, e só embarcar quando o conceito for comprovado que funcionara.”
Isto simplesmente não funciona mais,  as coisas estão se movendo muito rápido e isto significa que você tem que dar o primeiro passo na sua categoria. Você tem que encontrar o seu lugar na frente do que esta acontecendo, e experimentar constantemente novas ideias mesmo antes delas serem comprovadas. A sua empresa tem que aceitar os riscos e as incertezas.
Quando os gestores perdem o contato com a realidade atual dos seus clientes, coisas muito ruins acontecem. A tecnologia mudou o varejo, os jornais, a televisão, a musica e muito mais, a continua adesão ao velho modelo de negócios e o distanciamento do que interessa aos clientes, resultou em concorrências digitais que possuem um poder de impacto devastador.
O Brasil possui uma das maiores audiências online do mundo, com cerca de 140 milhões de pessoas conectadas.
Os consumidores estão envelhecendo, até então nenhuma supresa, o que surpreende é como somente algumas empresas estão se adaptando a este fato. Poucas empresas definiram um caminho em como tratar o assunto do envelhecimento dos seus clientes. A maioria continuam fazendo exatamente o mesmo que sempre fizeram, enquanto esperam que suas estratégias de certa forma continuem apresentar resultados.
Certamente estamos vendo uma redução do espaço fisico e redução na seleção de produtos, porem muito disso é uma resposta a tempos de economia difícil, não a um desejo sincero de fornecer uma melhor experiência de produtos e serviços aos clientes que estão envelhecendo. Encontramos poucos casos de estudos que mostram exemplos concretos de adaptação as exigências dos consumidores.
Em defesa do varejo, este se encontra em um mar desconhecido. Considere que no final de 1900, a media de vida das pessoas nos países mais ricos era de 47 anos, hoje esta media chega a 81 anos. Incredível como que em pouco mais de um século, nós passamos a viver quase o dobro!  Para ser justo, qualquer empreendedor  que alegue ter entendido essa coisa de envelhecimento do consumidor esta iludido. Nós nuca passamos por esta prospectiva. Esta acontecendo tudo muito rápido.
Transforme os seus negócios! 
A ascensão social de milhões de brasileiros e o aumento da renda média das famílias são fatores que tem impulsionado a economia nos últimos anos e estão na base para entender o perfil do novo consumidor no Brasil. Trata-se de um consumidor com mais acesso a informação e, portanto, com expectativas cada vez maiores em relação à qualidade de produtos, serviços, atendimentos etc. Essa analise deve levar em conta também um componente fundamental: o momento em que essas transformações ocorrem. Vivemos hoje a consolidação da sociedade da informação, que amplia o acesso ao conhecimento e a participação dos indivíduos, modificando de forma cada vez mais efetiva sua relação com as empresas, as marcas e o mercado de consumo.
Na era da informação,  os consumidores estão mais atentos aos produtos que compram. Para se conectar com este novo consumidor, é preciso, antes de tudo, conhece-lo e, se possível, antecipar suas expetativas.
Os consumidores esperam muito mais do que o produto fisico, a expectativa é algo intangível assim denominamos o produto como a “experiência”.
A experiência é o novo campo de batalha, a opinião popular é o novo marketing e as experiências excepcionais de hoje são as expectativas de amanhã. Os clientes estão melhor informados, mais exigentes  e o mais importante, mais experientes do que nunca. Não importa o quão grande ou pequeno, as empresas em geral estão sendo forçadas a abordar as experiências dos seus clientes e colegas têm com sua marca. As expectativas estão cada vez mais ambiciosas e sofisticadas. Para os clientes, bom não é mais bom o suficiente,  seus clientes e funcionários esperam ser engajados e capacitados continuamente; Hoje, amanhã e depois. Uma experiência positiva que excede verdadeiramente as expectativas diz mais do que qualquer campanha publicitária!
“O ser humano não usa a lógica para decidir, ou mesmo pensar.   É uma boa coisa, caso não fosse, a industria da propaganda não existiria. Felizmente, todas as nossas decisões vem das emoções. “
Comece a  gerar Fãs!
Os fãs são enérgicos, leais e preparados para investir mais dinheiro e tempo do que o cliente comum. Se eles estão felizes, eles mostram sua paixão de forma aberta e impactante: descrevendo detalhadamente a experiência em varias plataformas: redes sociais, blogs, criando suas próprias avaliações de produtos no YouTube ou publicando impressionantes momentos instantâneos no Instagram. Os fãs quando encantados  infectam os outros com seu entusiasmo.
Como coach  executivo colaboro com empreendedores em diversos países. Começando com  o “Porque”,  procuro encorajar os membros da equipe a deixar sua individualidade brilhar e criar momentos inspiradores para os clientes. Atuando em busca de soluções, ajudando a empresa a identificar o que faz tornar cada produto ou serviço  único, começando com uma simples pergunta: “Qual é a historia da sua empresa?” “Qual o propósito que o impulsiona?” “Quais os valores que os unem?”  e o mais importante “O que a sua empresa quer que seus clientes experimentem quando usam os seus produtos ou serviços?”. Ao fazer essas perguntas conduzimos o cliente em uma jornada para descobrir a identidade da empresa “Porque eles fazem o que fazem”. Capacitando-os  a contar e empossar a própria historia. Começando com o PORQUÊ, si torna possível, em vez de simplesmente atrair clientes, gerando fans que gostariam de se tornar parte da narrativa. 
Pense ao reverso, comece hoje!
Pense inversamente e habilite a experiência desejada ao cliente liderar e influenciar tudo o que você faz. Comece com a experiência desejada  em mente, e trabalhe seu caminho de volta até chegar aos produtos e serviços, praticamente ao contrário do modo tradicional. A experiência desejada lidera o processo, assim você não precisa se comprometer. Projete a experiência  que tenha o potencial de transformar cada serviço  ou produto em uma experiência inesquecível. O processo do pensamento inverso impulsiona a identidade desejada (quem), a razão de ser (seu porquê) influencia o comportamento, interação e processos (como ), bem como seus produtos, serviços e processos (o que).
A jornada reversa
O pensamento reverso muitas vezes vira uma organização de cabeça para baixo, isto  é exatamente o que desejamos.
Quem são os membros  mais importantes da sua organização? “Voltado ao Cliente”. Os funcionários que interagem com seus clientes são os mais importantes  para o sucesso da empresa. Eles carregam, representam e são o rosto da sua marca. Eles são a marca a empresa!
O pensamento inverso espera que todos, desde a gerência até os líderes de equipes compartilhem um objetivo comum: capacitar os funcionários da linha de frente a criar a melhor experiência possível para o cliente, são eles que ativarão sua marca.
Desenvolvimento dos talentos
Nos deveríamos investir mais tempo com os nossos funcionários que se desempenham bem, ao invés de trata-los como se não precisarem evoluir ou necessitam de treinamento para leva-los a um passo adiante e ajuda-los a crescer. Não teremos muitas changes de atrair ótimos talentos, guia-los e ajuda-los na sua fome de crescer. Nós gastamos muito tempo com os funcionários problemáticos tentando encaixar as peças de uma maneira que se possa ajuda-los a caminhar sozinho e ir bem, e tendemos a negligenciar aqueles que realmente nos ajudam definir o ritmo do trabalho.

Renato Moreira
Coach Executivo

 

Os meus clientes são os especialistas do seu trabalho, eles dominam muito bem as suas habilidades de negócios, são intrinsecamente criativos e cheio de recursos, muito mais do que eles imaginam.
Eu ajudo os executivos a ousarem, não somente imaginar, mas agir! Meu trabalho consiste em sessões individuais de coaching para profissionais e empreendedores, estabelecendo uma plataforma para criatividade, inovação e mudança; estabelecendo um novo percurso para a alta produtividade. Estes profissionais estão dispostos a agir com coragem em direção aos seus objetivos, estão dispostos a tomarem os riscos necessários para alcança-los.
Coaching é uma parceria com o cliente em um processo criativo e de provocação de pensamento, inspirando-os as maximalizar seu potencial pessoal e profissional, processo de grande importância considerando o atual incerto e complexo ambiente empresarial.
Sobre esta base, a responsabilidade do coach é descobrir, esclarecer e alinhar-se com o que o cliente quer alcançar, encorajar a auto-descoberta, extrair do cliente a geração de soluções e estratégias, acima de tudo, manter o cliente responsável por suas ações!
Este processo ajuda o cliente melhorar drasticamente as suas perspectivas sobre o trabalho e a vida, ao mesmo tempo, melhorar a capacidade de liderança e o desenvolvimento do seu potencial.
É um convite para expandir o seu campo de ação, propondo uma analise sobre as limitações auto-impostas, estas mesmas que nos aprisionam mentalmente.

Quando pensamos no fato que: somos prisioneiros da nossa própria mente!

Nos acordamos todas as manhãs e agimos de acordo com um roteiro de vida que nós mesmos escrevemos, sobre quem somos e sobre o papel que desempenhamos na nossa família, comunidade e organizações, trata-se de uma narrativa pessoal sobre o que é possível, o que podemos e o que não podemos fazer, vivemos nossa vida recitando este roteiro, recriando e solidificando esta historia a cada dia.

O relacionamento de coaching é baseado em um intenso dialogo, onde somos capazes aprender como escrevemos esse roteiro e só assim podemos começar a ver onde temos ancorados os limites arbitrários em torno a nós.
Coaching começa com uma conversa, mas o verdadeiro trabalho inicia quando o cliente volta para sua vida e começa a se comportar de maneira diferente, quando ele aprende que as limitações anteriores não existem mais, alias nuca existiram, quando o cliente amplia o raio de ação em que ele capaz de agir, quando ele aumenta sua habilidade de responder.

About the Author Renato Moreira - Executive Coach

International experience in organisational and leadership development, consultant for business leaders to build and implement a comprehensive global approach to excellence, personal development, moderator for meetings, facilitator, motivational, cultural change management, NLP trainer and Executive Coach; Drive accountability and sustainability of development with a focus on creating a strong development culture.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s